Lista de tópicos

  • Geral

  • Relatório de Diagnóstico aos Arquivos Clínicos

    A Secretaria-Geral do Ministério da Saúde, no âmbito das suas atribuições e competências na área dos Arquivos, promoveu a elaboração de um diagnóstico aos Arquivos Clínicos. Este diagnóstico é constituído por 3 questionários, dirigidos aos seguintes interlocutores:

    1) Responsáveis pelo Acesso à Informação (RAI);

    2) Diretores Clínicos e,

    3) Responsáveis pelo Arquivo clínico.

    No relatório, que agora se apresenta à comunidade, pretende-se identificar áreas de melhoria e prioridades de intervenção, compreender qual o impacto dos sistemas de informação na avaliação da informação clínica, analisar a qualidade dos recursos disponíveis e proceder ao levantamento da utilização e reutilização dos registos clínicos.

    Este documento estratégico reflete ainda o contexto atual e aponta caminhos futuros, que se espera virem ao encontro das reais necessidades dos profissionais de Saúde e do próprio Utente, num trabalho colaborativo e de sinergias com todos os Serviços e Organismos do Ministério da Saúde.




    Pode ainda consultar o relatório e descarregá-lo, em formato pdf, no Portal SNS, aqui.
    • Sessão de Boas Práticas

       

      A Secretaria-Geral do Ministério da Saúde tem colocado a Gestão Integrada da Informação/Arquivo como uma das suas prioridades, dando assim cumprimento às suas atribuições, nomeadamente, na promoção de boas práticas de gestão de documentos nos Serviços e Organismos do Ministério da Saúde.

      Neste âmbito, a SGMS delineou um Plano Estratégico, constituiu Grupos de Trabalho, efetuou Visitas Técnicas e acompanhou as Instituições. Este macroprojeto de arquivo terá continuidade durante o ano de 2017, estimando a SGMS uma elevada adesão das Instituições, tal como se verificou nos biénios de 2013/2014, 2015/2016, a qual excedeu as expetativas iniciais.

      O trabalho até agora desenvolvido pelas Instituições do MS é de louvar e merece ser divulgado publicamente, estimulando a criação de redes de colaboração e conhecimento e potenciando a partilha de informação e a divulgação de boas práticas.

      Assim sendo, na sequência da sessão de Boas Práticas que decorreu a 04 de março de 2015, no auditório do INFARMED, em 2017 decorrerá outra sessão de Boas Práticas em que os Serviços e Organismos apresentarão os seus trabalhos e poderão partilhar experiências e conhecimento.

       

      Sessão de Boas Práticas, INFARMED, 04 de Março de 2015